Rafael Myranda é pré-candidato Gay a vereador na cidade baiana de Simões Filho


Rafael Myranda: mandato pelos direitos humanos
Rafael Myranda é militante em defesa dos direitos humanos, principalmente os LGBT, na cidade baiana de Simões Filho, considerada por ele muito homofóbica devido ao conservadorismo religioso. Após sentir que a cidade não tem nenhuma política pública voltada para os direitos Humanos,principalmente os LGBTs, nas Eleições 2012 ele pretende chegar à Câmara Municipal da cidade.

Pré-candidato a vereador pelo PRTB, Rafael vai usar sua experiência à frente do Grupo Contra o Preconceito (GCP) e muita “coragem, disposição e saliva” para ganhar votos. “Conquistamos vários avanços em termos de legislação. Mas, nas políticas públicas estamos abandonados. A única ação da prefeitura está na prevenção da AIDS”, revela o jovem ativista.
Se eleito planeja construir um mandato participativo. Sem ouvir a população em sua diversidade fica muito difícil pensar projetos de lei que, de fato, contemplem a população. Fiscalizar as políticas públicas com ênfase na saúde e cultura. Além disso, lutar fortemente pela criação da secretaria municipal de direitos humanos com coordenadorias de políticas para negros, LGBT, mulheres e juventude.

Um vereador gay poderia ajudar na luta contra o preconceito? Como?

Sem dúvidas. Da mesma forma que temos coragem para defender os homossexuais, teremos coragem para defender a população que sofre com todo tipo de discriminação todos os dias. Só quem já foi discriminado por ser pobre, negro, homossexual, deficiente, portador do HIV, sabe a dor e o sofrimento que isso significa. Ao longo de cinco anos à frente do movimento LGBT enfrentamento muitas situações, muita gente poderosa, muita gente homofóbica. Mas, resistimos a tudo isso e avançamos. Como vereador avançaremos ainda mais e o melhor: avançaremos não só pelos direitos dos homossexuais, mas de toda a população que está abandonada pela falta de compromisso político com os direitos humanos em nossa cidade.Conclui  Rafael Myranda.

Fonte:GCP

3 comentários:

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

Postar um comentário