Próximo domingo: IV Caminhada Rosa de Simões Filho

 Dia 27  de abril acontece em Simões Filho, a 4ª Caminhada Rosa. O evento é uma realização do Grupo Contra o Preconceito (GCP) e tem concentração prevista para 15h na entrada do Colégio Polivalente, no CIA 2. A marcha com a bandeira do movimento LGBT vai percorrer a Avenida Elmo Serejo e tem previsão de término para as 22h, na praça principal do CIA 1.

Com essa Caminhada, o GCP além de convidar os LGBTS a dar um NÃO à Homofobia e um SIM ao amor, ao respeito e à cidadania, quer também alertar para os índices crescentes de violência contra os LGBTs na Bahia e sair em defesa da Criminalização da Homofobia, Nome Social das Trans, entre outras demandas do Movimento LGBT Baiano.
Entre os homenageados do dia constam Jurandir Telles (Comissão de Articulação com os Movimentos Sociais do Ministério da Saúde) e a artista Transformista Marina Garlen, Comitê Nacional de Cultura LGBT. Simões Filho fica 21 km  de Salvador. O evento também contará com as presenças de DJ Thiago Ferber, as transformistas: Ludymilla Stryk, Nicole, Verlort Sharif e Põetyra, e muitas Draq queens.

 
Serviço:

IV CAMINHADA ROSA DE SIMÕES FILHO 2013

Tema: “País campeão é um país de direitos”.

Data: 27 de abril de 2014

Concentração: a partir das 15hs

Entrada do Colégio Polivaletente-CIA II

Realização Grupo Contra o Preconceito (GCP)

Apoio:Secretaria Municipal de Cultura e Sindicato dos Comerciantes

Contato: grupocontrapreconceito@yahoo.com.br

(71)-92355101/81225149-Rafael Myranda

Grupo Contra o Preconceito realiza ação de prevenção e entrega de peixes

Mais de 50 famílias de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) e comunidade carente receberam hoje, 16, entre 2 kg de corvina inteira congelada em embalagens plásticas distribuídas pela a ONG Grupo Contra o Preconceito em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES). A entrega do pescado se iniciou logo às 14 horas, mediante a apresentação da lista de pessoas inscritas com antecedência pela ONG, sendo que a SEDES iniciou a entrega pela parte da manhã.

"A avaliação é positiva e a logística de distribuição funcionou bem entregando a todos na sede da instituição. Além de entregamos o peixe cedido pela SEDES também fizemos prevenção entregando preservativos(camisinhas) e materiais informativos falando sobre a prevenção as DST/AIDS para uma Semana Santa de fatura e proteção", disse Rafael Myranda, que fez um agradecimento especial aos voluntários da ONG que ajudaram na distribuição do pescado.

Já a Yalaxé Rosa Maria Moreno, Mãe Rosa do Terreiro ILÊ ASÉ OBÁ KÒSÒ LOKÈ OMI, estava feliz  pela parceria entre o Terreiro e o Grupo Contra o Preconceito para a entrega do peixe. "Está ótimo essa ação social e de prevenção na minha casa (Terreiro) recebo muita gente", contou.

A entrega finalizou por volta das 17 horas, tendo alcançado o objetivo de entregar todos os peixes e os preservativos aos LGBT e a comunidade local.

Grupo Contra o Preconceito pede Audiência com Prefeito para discurtir sobre Coordenação Municipal LGBT

 
Ao: Exmo. Sr. Eduardo Alencar
 
Prefeito do Município de Simões Filho
 
Assunto: Solicitação de Audiência
 
Senhor Prefeito:
 
O Grupo Contra o Preconceito – GCP, uma instituição filantrópica sem fins lucrativos que há três anos atua nesse município na promoção a cidadania plena da população LGBT e na luta contra as DST/AIDS.
 
Neste sentido, vimos acompanhando e participando – especialmente desde 2008 – das iniciativas governamentais nacionais e locais para efetivar políticas públicas afirmativas para a população LGBT.
 
Este processo foi desencadeado pela convocação presidencial e realização da I Conferência Nacional LGBT em junho de 2008. Assim como as demais Conferências temáticas, a Conferência Nacional LGBT foi precedida de etapas municipais e estaduais.
 
Entre as deliberações aprovadas pela Conferência LGBT está à criação do chamado “Tripé da Cidadania LGBT”.
 
O Tripé se refere a:
 
· O Plano Municipal de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos LGBT:
 
· O Conselho Municipal LGBT:
 
· A Coordenação LGBT, sendo parte da estrutura formal do Governo Municipal.
 
Neste sentido, com base em decisão de reunião ordinaria do Grupo Contra o Preconceito realizada em 08 de março do corrente ano, gostaríamos de solicitar a possibilidade de uma audiência com o senhor para discutir a Criação de uma Coordenação Municipal LGBT e questões relacionadas ao segmento LGBT.
 
Fonte: GCP